sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Maria Teresa Azoia tomou posse como Vereadora da Câmara de Santarém


Maria Teresa Roque do Rosário Azoia tomou hoje posse como Vereadora da Câmara de Santarém, ficando responsável pelos pelouros da Defesa do Consumidor e da Saúde.
Francisco Moita Flores, Presidente da Câmara de Santarém, desejou à Vereadora empossada, perante vereadores, dirigentes e funcionários do Município, “as maiores felicidades”, acrescentando que conhece Maria Teresa Azoia “há muito tempo” e que tem a certeza que vai desempenhar as suas funções da melhor forma e com o maior empenho, “tendo sempre como meta servir o Concelho da melhor forma”, acrescentando que “tem a certeza que pode contar com todos para a prossecução desta nova tarefa.”

O Presidente da Câmara de Santarém delegou e subdelegou competências nos Vereadores, tendo feito a seguinte redistribuição dos pelouros:
Ao Vereador Ricardo Gonçalves Ribeiro Gonçalves foram atribuídos os pelouros; Apoio às Freguesias: Trânsito: Espaços Verdes e Espaço Público; Gestão Cemiterial: Ação Social e Habitação.
À Vereadora Teresa Catarina Pereira Maia fica responsável pelos pelouros das Finanças: Recursos Humanos: Central de Compras: Assuntos Jurídicos; Taxas, Licenças, Mercados e Feiras: Formação Profissional: Núcleo de Fiscalização Municipal e Património Municipal:
0 Vereador João Francisco Ferreira Teixeira Leite fica responsável pelos pelouros das Obras Municipais: Urbanismo e Obras Particulares: Juventude: Planeamento Estratégico e Ordenamento do Território; PDM e Desporto.
A Vereadora Maria Luísa da Costa Ferreira Goes Féria fica responsável pelos pelouros da Criança e Educação: Proteção Ambiental e Património Cultural:
O Vereador António Francisco Baptista Valente fica responsável pelos pelouros: STR-URBHIS – Sociedade de Gestão Urbana de Santarém, EM, SA; CUL.TUR - Empresa Municipal de Cultura e Turismo de Santarém, EEM; Turismo; Desenvolvimento Económico e Proteção Civil.

A JSD secção de Santarém deseja as maiores felicidades a Vereadora Maria Azoia no exercício das suas funções, estando disponível para colaborar no que for necessário.

A JSD Secção de Santarém


domingo, 4 de dezembro de 2011

O que ainda temos de Sá Carneiristas



A JSD Secção de Santarém esteve hoje no café Nicola nesta grande iniciativa que assinalou o 31º aniversário do falecimento de Sá Carneiro.

Almoço comemorativo da Comissão Política Nacional

O Presidente da JSD Diogo Gomes, esteve hoje presente no Almoço Comemorativo do Primeiro Ano de Mandato da Comissão Politica Nacional da JSD, em Lisboa.

Almoço de Natal do PSD

JSD Secção de Santarém esteve presente no almoço de Natal do PSD, que contou com a presença de sua excelência o Secretário de Estado Dr. Marco António Costa.

Parabéns ao PSD Secção de Santarém pelo sucesso do almoço de Natal realizado ontem em S. Vicente do Paúl e pela campanha solidária de recolha de alimentos.

A Comissão Politica de Secção da JSD

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

JSD manifesta profundo pesar pelo falecimento do Dr. Vítor Gaspar, Vereador da Câmara Municipal de Santarém



A Comissão Política de Secção da Juventude Social Democrata de Santarém manifesta o profundo pesar pelo falecimento súbito do Vereador Dr. Vítor Gaspar e endereça as mais sentidas condolências à família, amigos, a todos os colaboradores que com ele conviveram nos últimos anos na Câmara Municipal, e em especial ao Executivo Municipal.

Vítor Manuel da Costa de Oliveira Gaspar tinha 45 anos, nasceu na Ribeira de Santarém e residia em S. Domingos, Freguesia de São Nicolau, Santarém. Licenciado em Matemáticas Aplicadas, era professor do ensino secundário e foi também na sua carreira política presidente da Junta de Freguesia de Santa Iria da Ribeira, então eleito pela CDU, no anterior mandato autárquico exerceu as funções de chefe da Divisão de Cultura da autarquia escalabitana, tendo liderado vários processos como a requalificação do Convento de S. Francisco e todas as operações do 10 de junho de 200 dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Em 2009 integrou a lista do PSD liderada pelo Dr. Francisco Moita Flores à Câmara de Santarém, tendo sido eleito vereador. Tinha as pastas da cultura, turismo, ação social, habitação e património cultural. Presidia ainda ao conselho de administração presidente do conselho de administração da Empresa Municipal CUL.TUR

A JSD lamenta o falecimento de um “Jovem” num momento bonito da sua vida, que dedicou e entregou os seus últimos anos à causa pública, ao serviço daqueles que mais precisavam.
Era Homem de fortes convicções e descomprometido de preconceitos ideológicos, por uma única causa: Servir Santarém.

Santarém, 1 de Dezembro de 2011

Comissão Política de Secção da JSD de Santarém

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

1º Congresso do PSD Distrital de Santarém foi um sucesso

1º Congresso do PSD Distrital de Santarém foi um sucesso, contou com cerca de 450 participantes ao longo de todo o dia, muitos militantes de todo o Distrito, mas também independentes, Presidentes de Câmara, Vereadores, Presidentes de Junta, Adjuntos de Vereadores, Deputados Municipais, Deputados à Assembleia da República e com a presença do Companheiro Miguel Relvas, Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares.

A Secção da JSD de Santarém esteve representada por vários Militantes.

O Presidente da Concelhia da JSD de Santarém o companheiro Diogo Gomes, na sua intervenção começou por dar o total apoio a intervenção da Companheira da Secção de Coruche, Liliana, onde destacou a importância da Tauromaquia para a nossa região, para Diogo Gomes que é um grande aficionado disse que fazia todo o sentido incluir na moção estratégica o tema da tauromaquia.
A sua intervenção foi na área da economia onde destacou o papel das autarquias na economia local e sobre a importância na celeridade do licenciamento industrial para os investimentos e para o desenvolvimento, bem como da necessidade de novas formas de financiamento das autarquias que vêm esgotado o seu modelo ao fim destes anos todos.

A Comissão Politica da JSD

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

1º Congresso do PSD Distrital de Santarém


Realiza-se amanhã o 1º Congresso do PSD Distrital de Santarém, no Santarém Hotel.

Irá estar presente da Comissão Política da JSD de Santarém, o Presidente Diogo Gomes, o Vice-Presidente Rodrigo Farinha, o Secretário-Geral José Castela, o Secretário-Geral Adjunto Tiago Gameiro e os Vogais João Caldeira, Marta Mexia.

A Comissão Politica da JSD

sábado, 12 de novembro de 2011

A JSD Secção de Santarém realizou mais um "Encontros na nossa Terra"



Realizou-se hoje mais um “Encontros na nossa Terra” desta vez na freguesia de Almoster.

Almoster uma Junta ganha pelo PSD nas últimas eleições autárquicas encontramos um Sr. Presidente de Junta determinado em ultrapassar o conjunto de problemas herdados pelo anterior executivo (CDU) nomeadamente o passivo.

A Junta de Freguesia de Almoster é a 3ª maior do Concelho com 41 km2 e com 12 lugares, uma freguesia que está no extremo do Concelho e confina com os Concelhos de Azambuja, Cartaxo e Rio Maior.

Segundo o Presidente da Junta de Freguesia de Almoster, o Sr. João Neves, a Juventude em Almoster é dinâmica e participativa e tem colaborado ativamente com a Junta de Freguesia nas várias atividades que têm sido levados a cabo, como o projeto Limpar Portugal (que juntou 200 pessoas) e caiar o cemitério (umas largas dezenas). Para João Neves a fixação é o maior problema pois, segundo ele, a limitação de construção imposta pelo atual PDM faz com que os jovens procurem outros lugares para viver.

Diogo Gomes, presidente da Comissão Política da JSD, referiu que "estando a revisão do PDM em curso espera que se possa inverter a atual situação”. No final agradeceu ao Sr. Presidente da Junta em nome da JSD pela maneira hospitaleira como foram recebidos.

A Comissão Política da JSD

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Falecimento do companheiro Francisco João Rosado Fandango

A JSD endereça à Família do militante e autarca social-democrata Francisco João Rosado Fandango as mais sentidas condolências.

Tesoureiro da Junta de Freguesia de Marvila, dedicado à causa pública, exerceu sempre com dedicação e rigor as funções que lhe foram confiadas, destacando o seu importante papel no enriquecimento da democracia e do poder local e o seu empenho em prol do bem estar dos munícipes da Freguesia de Marvila.

A Comissão Política da JSD

sábado, 1 de outubro de 2011

Reentré Política da JSD Regional de Santarém e da Secção de Santarém, é já no próximo Sábado dia 8 de Outubro

Local: Kartódromo da Aldeia - Alcanede - Santarém

Corrida de Karts de uma hora com treinos de 15 minutos.

As equipas serão de 3 elementos, em que cada pessoa terá de pagar 15€.

Posteriormente haverá um jantar e festa (livre) com Dj´s organizado pela JSD Santarém, cujo preço será de 8€/ pessoa (jantar).

Apelamos à secções que se inscrevam o quanto antes para que possamos proceder à marcação dos Kart´s e Restaurante.

Podem-se inscrever através do Diogo Gomes: 917405873 ou Gonçalo Gaspar 918233115, e através dos emails: jsdsantarem@gmail.com e jsdstr@gmail.com

Qualquer dúvida não hesitem em perguntar
Contamos com a tua presença

A Comissão Política da JSD

Assembleia Municipal

Ontem realizou-se a Assembleia Municipal de Santarém onde a bancada do PSD esteve mais uma vez em grande nível, defendendo os ideais Sociais-Democratas e intervindo no plenário com um pensamento livre, construtivo e acima de tudo Politico responsável.

A JSD felicita também o Sr. Vereador João Leite pela excelente intervenção ontem em plenário no período antes da ordem do dia, onde deixou bem patente o rumo, o sentido de responsabilidade e o rigor deste executivo, lembrando aos mais esquecidos da Gestão "Catastrófica e Horrível" do Partido Socialista enquanto esteve na Câmara Municipal.

A Comissão Política da JSD

domingo, 25 de setembro de 2011

Jantar de um ano de Mandato da CPS/PSD de Santarém

A Comissão Política da JSD de Santarém marcou presença no jantar comemorativo de 1 ano de mandato do PSD no restaurante dos Bombeiros Voluntários de Pernes.

O Presidente da JSD Diogo Gomes na sua intervenção felicitou o trabalho desenvolvido pela comissão Política do Partido, e reafirmou que o PSD pode contar com a JSD como tem contado até aqui.

A Comissão Política da JSD felicita todos membros em especial o Sr. Presidente do PSD Concelhia o Deputado Nuno Serra por afirmar o PSD Santarém como principal força política em todas as Freguesias do Concelho.

JSD Lança novo outdoor para assinalar o inicio do ano lectivo no Concelho



Na semana em que a volta nacional da JSD do regresso às aulas esteve em Santarém a Concelhia da JSD assinalou mais um lançamento de um outdoor.

O objectivo do lançamento deste outdoor é de assinalar o inicio do ano lectivo no Concelho com uma mensagem de apelo à participação na JSD.

A Comissão Política Concelhia


Falecimento do Dr. José Niza (Ex-Presidente da Assembleia Municipal - PS)

O músico, médico e ex-deputado socialista José Niza morreu na madrugada desta sexta-feira, 23 de Setembro, num hospital de Lisboa, onde se encontrava internado.

José Manuel Niza Antunes Mendes nasceu em Lisboa, a 16 de Setembro de 1938, e viveu em Portalegre até aos sete anos. Fez a escola primária e o liceu em Santarém e vivia há muitos anos em Perofilho, uma aldeia dos arredores da cidade.

Como político, sempre ligado ao Partido Socialista, foi deputado na Assembleia Constituinte, após a revolução de 74, e depois em cinco legislaturas na Assembleia da República até ao final da década de 90. Foi durante alguns anos presidente da Assembleia Municipal de Santarém. Como deputado José Niza foi autor, ou co-autor, de diversas iniciativas e diplomas legislativos, casos do Código dos Direitos de Autor e Direitos Conexos, Lei de Protecção da Música Portuguesa e redução do imposto sobre importação de Instrumentos musicais.

Licenciou-se em medicina em Coimbra em 1966, onde fez a sua tese de licenciatura sobre esquizofrenia, enveredando, depois, pela psiquiatria. Depois do 25 de Abril foi director de programas da RTP, sendo o responsável pela compra da primeira telenovela pela televisão pública, “Gabriela Cravo e Canela”.

No último adeus ao homem que escreveu a canção e depois do adeus que foi a senha para a revolução do 25 de Abril, estiveram muitos amigos da luta pela liberdade, das artes, da política.
A despedida de um homem sereno e humanista fez-se ao som da música e depois do adeus pela banda da Gançaria (Santarém) e com muitas palmas.

Deixa na vida pública local uma marca de seriedade, de rigor e de competência no exercício de todas as suas funções.

A JSD, expressa o seu profundo pesar pela morte do Dr. José Niza e endereça as sentidas condolências à sua família.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

"Acorda! Portugal Precisa de Ti" - O 3º dia da Volta Nacional às Escolas da JSD começou hoje em Santarém na Escola Secundária Sá da Bandeira!


Ainda faltava 5 minutos para as 8h da manhã já a Volta Nacional às Escolas da JSD estava com a Comissão Política da Concelhia de Santarém na Escola Secundária Sá da Bandeira!

A JSD deu os bons dias aos alunos do "Liceu" com horários e um folheto informativo que apelava à participação cívica na vida escolar.

Para o Presidente da JSD de Santarém, Diogo Gomes "a presença da JSD Nacional em Santarém é sempre muito importante, é sinal que estamos na rota das Grandes secções!"

A Comissão Política Concelhia


quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Universidade de Verão 2011



Começou na passada segunda-feira a Universidade de Verão (UV) 2011, em Castelo de Vide. De 29 de Agosto a 4 de Setembro serão várias as personalidades a participar na 9.ª edição desta iniciativa, organizada pela JSD, PSD, Instituto Francisco Sá Carneiro e Partido Popular Europeu.


Na sessão formal de abertura participou o Director da UV, o Deputado Europeu Carlos Coelho, o Presidente da JSD, Duarte Marques, o Secretário-Geral do PSD, Deputado José Matos Rosa e o Presidente do Instituto Francisco Sá Carneiro, Dr. Carlos Carreiras.


Entre os jantares-conferência e as aulas, os alunos terão a oportunidade de aprender com os melhores especialistas de diversas áreas do conhecimento, com especial destaque para o antigo Presidente da República, Dr. Mário Soares e o presidente do Partido Popular espanhol, Mariano Rajoy.


No encerramento, para o discurso de rentrée e para a entrega dos diplomas de participação da UV 2010, marcará presença no domingo o Presidente do PSD, Dr. Pedro Passos Coelho.


A Secção de Santarém está representada pelos companheiros Diogo Antunes e Paulo Tiago.


A Comissão Política deseja uma excelente Universidade de Verão 2011.



JSD lança Petição pela Valorização do jovem atleta Português








Pode Assinar a Petição em www.jsd.pt






domingo, 7 de agosto de 2011

JSD aplaude urgência da reorganização da Política de juventude, mas discorda de fusão com o IDP

É verdade que a gestão ruinosa dos últimos seis anos quer no Instituto Português da Juventude quer do Instituto do Desporto de Portugal ou ainda na Cooperativa Movijovem ou na Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação colocou em causa a sustentabilidade daqueles organismos. Aliás, esta é uma circunstância transversal a um vasto conjunto de organismos na dependência do Estado que – face a uma desastrosa e esbanjadora gestão – estão agora com a sua existência em causa.

Acresce que, no caso em apreço (do IPJ e IDP), a falta de rigor e competência na sua gestão impediu o desenvolvimento eficaz das políticas de juventude e do desporto, colocou em causa o funcionamento de centenas de associações juvenis e, sobretudo, feriu a credibilidade de instituições que durante anos serviram, e bem, os jovens portugueses.

É, em consequência do que se vem a dizer e pela importância que o IPJ se reveste para a juventude Portuguesa que a JSD aplaude a optimização de serviços desenvolvida pelo actual Governo no sentido de cortar custos de estrutura desnecessária. E isto é tão mais urgente quando se sabe que o IPJ gasta mais de metade do seu orçamento com custos organizacionais e de estrutura ao invés de canalizar investimento para programas e projectos que beneficiem directamente a juventude portuguesa.

Atente-se no exemplo paradigmático da Movijovem: tem hoje um passivo estimado em cerca de 18 milhões de euros quando há seis anos dava lucro e se encontrava ao efectivo serviço dos jovens.

Está, por isso, a JSD em sintonia com o Governo no objectivo da transversalidade das políticas de juventude, alargadas às áreas do emprego, da saúde, da economia ou da habitação.

Todavia num momento em que as novas gerações têm o seu futuro comprometido, após seis anos de desgoverno que esqueceu a juventude e espalhou o caos no sector do associativismo; num momento em que é imperioso apostar na criação de políticas públicas inovadoras e que possam criar mais oportunidades para as novas gerações, a JSD deseja que este sinal político, que é dado com a fusão do Instituto do Desporto de Portugal com o Instituto Português da Juventude, não signifique uma menorização das políticas de juventude.

A JSD bem sabe que com este Governo a Juventude nunca será um parente pobre. Mas, e ainda assim, de forma preventiva não faz como outros em tempos de Governação socialista: não se esconde atrás de qualquer capa em prejuízo dos jovens. Nós damos sempre a cara pelos jovens, seja qual for o partido do Governo.

Neste sentido a JSD considera que mais importante do que a estrutura da juventude, é a eficácia das medidas que abrangem os jovens. Estamos certos que a mudança que Pedro Passos Coelho lidera no País, a qual considera o Estado como um parceiro da sociedade também se fará notar nas políticas de juventude, onde as Associações Juvenis e as Associações de Estudantes terão um papel determinante na construção das respostas que terão a dar às novas geraçõesnos complexos desafios que enfrentam, estabelecendo um clima de confiança entre os jovens e o Estado promovendo uma maior eficácia na solução dos problemas transversais da Juventude.

A JSD considera que é necessário alterar o paradigma das políticas de juventude, criar incentivos ao empreendedorismo jovem, à emancipação das novas gerações, às políticas de incentivo à vida saudável e à educação para a saúde; é imperioso apostar num novo paradigma de educação. Em tudo isto está a JSD de acordo com o Governo.

No entanto, no que diz respeito à organização da tutela, a JSD aplaudindo a fusão da FDTI, IPJ e Movijovem, não é favorável à fusão com o Instituto do Desportoe exige que a opção tomada não se venha a verificar numa subalternização da juventude face ao desporto e, sobretudo, não se venha a traduzir na redução de investimento nas políticas de juventude, mas sim nos custos de estrutura deste novo instituto.

Optimizar recursos, será dotar de eficácia as respostas a dar aos problemas dos jovens, e falido que está o modelo onde o Estado tudo procura garantir, é tempo de considerar o trabalho das organizações de juventude no novo paradigma de apoio aos jovens. A subalternização não se verificará, se o apoio não apenas financeiro se mantiver, mas se for reforçada a confiança depositar nos jovens, para que sejam eles próprios a construir hoje o seu futuro, a construir hoje o futuro de Portugal.

Comunicado do Conselho de Ministros de 4 de Agosto de 2011

1 - Foi criado o Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P. (IPDJ), consolidando numa só entidade os organismos públicos na área da Juventude e do Desporto. Esta decisão, ao promover a racionalização dos meios, permite aumentar a eficiência dos serviços a prestar ao cidadão e tem um impacto significativo na diminuição dos custos.

O Instituto agora criado resulta da fusão de dois institutos públicos, o Instituto do Desporto de Portugal (IDP) e o Instituto Português da Juventude (IPJ), sendo ainda aprovadas a dissolução da Movijovem e a extinção da Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação.
O Instituto Português de Desporto e Juventude tem como missão definir, executar e avaliar a política pública do desporto, promovendo a prática desportiva regular e de alto rendimento, através da disponibilização de meios técnicos, humanos e financeiros. Ao IPDJ cabe ainda, no âmbito de uma política para a juventude, apoiar o associativismo, o voluntariado, a promoção da cidadania e a ocupação dos tempos livres dos jovens em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente através da revitalização do Turismo Jovem, assegurando o apoio ao programa «Juventude em Acção».

A criação do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., insere-se numa política de combate ao desperdício de recursos públicos, ao eliminar a multiplicação de organismos e a consequente sobreposição de atribuições e competências.
No âmbito dessa política de racionalização das despesas do Estado, o Governo decidiu ainda a extinção da Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação (FDTI) e da Movijovem, entidades que apresentavam resultados líquidos negativos acumulados e que não demonstravam capacidade para gerar receitas próprias.

No dia do aniversário da JSD o Ministro da Educação Prof. Nuno Crato esteve presente no Conselho Nacional



O Ministro da Educação marcou presença no Conselho Nacional da JSD no Vimeiro onde interviu dizendo que quer uma "Educação mais exigente e mais rigorosa" após a sua intervenção os Conselheiros Nacionais poderam expressar o apoio as medidas anunciadas e questionar o Ministro em áreas mais especificas.

Após o Conselho Nacional realizou-se a tradicional festa de anos da JSD onde não faltou muita animação e convívio, vários militantes cantaram os parabéns ao 37º aniversário da maior e melhor estrutura partidária de juventude do País.


Presidente da Concelhia da JSD esteve na reunião da CPN JSD no Vimeiro com a presença de Sua Excelência o Ministro Dr. Miguel Relvas



Realizou-se no passado dia 17 de Julho no Vimeiro uma reunião de CPN alargada aos Presidentes das Regionais e aos Membros do Gabinete de Estudos, reunião que antecedeu o Conselho Nacional.

Foi uma reunião especial pois teve a Presença de sua Excelência o Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares Dr. Miguel Relvas que nos antecipou algumas medidas que o Governo o Governo irá tomar a curto prazo na área da Juventude.

No final houve um período de Perguntas ao Sr. Ministro e a apresentação de um estudo sobre comportamentos de risco e obesidade infantil pelo Gabinete de Estudos.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Câmara quer promover exportação de cavalos com projeto de 250 milhões de euros

A câmara de Santarém anunciou no passado dia 5 de Julhoo que vai desenvolver um pólo equino, em parceria com criadores brasileiros, para comercializar e exportar cavalos ligados a todas as vertentes equestres, num investimento de 250 milhões de euros.

O projeto, que será desenvolvido pela autarquia e pelo Jockey Clube de São Paulo (Brasil), funcionará como “uma plataforma de desenvolvimento agro-pecuário e de exportação de equídeos para o mercado europeu” e vai contar com financiamentos comunitários e privados.
O presidente da câmara sublinhou que Santarém tem “vindo a trabalhar o ‘cluster’ do cavalo há muito tempo” e que já possui equipamentos que “permitem alavancar um projeto desta natureza”, como a escola agrícola e a estação zootécnica.

Moita Flores destacou a importância da parceria realizada com o clube de criadores de São Paulo, já que, além da proximidade da língua, o Brasil tem grande tradição na criação de cavalos e está muito bem posicionado nas mais importantes provas mundiais.

“O Brasil é um dos maiores criadores de cavalos do mundo, incluindo de cavalos lusitanos” e poderá usar o Pólo Equino de Santarém para “atingir outros mercados”. adiantou o autarca.
O projeto vai permitir revitalizar espaços agrícolas e unidades pecuárias abandonadas ou com fraco rendimento, criando 700 postos de trabalho até 2015 e aumentando a população equídea dos atuais 6 mil para nove mil animais.

O objetivo é promover a exploração, comercialização e exportação de cavalos associados a todas as vertentes da atividade equestre desde atividades olímpicas e lúdicas, passando por corridas de cavalos, hipoterapia, turismo equestre e investigação científica

JSD Concelhia considera positiva obrigação de dados nutricionais e sobre alergénios no rótulo dos Produtos alimentares

Os rótulos dos produtos alimentares deverão apresentar informação nutricional e sobre substâncias que provocam alergias, passando os dados a estar em letra de dimensão legível, segundo regras a aprovar pelo Parlamento Europeu.

O Parlamento Europeu aprovou no passado dia 6 de julho as novas regras europeias para a rotulagem de alimentos, que passou a ter mais informação, permitindo aos consumidores fazer escolhas mais conscientes e mais saudáveis.

É proposta a obrigatoriedade da rotulagem nutricional, um ponto importante para os consumidores, para ser possível a comparação da composição dos produtos.

Assim, passa a ser obrigatória a indicação de informação relacionada com energia, proteína, gordura total, gordura saturada, hidratos de carbono, açúcar e sal, que deve ser dado por 100 gramas de produto.

Fica também prevista a indicação da origem das gorduras e dos óleos, animal ou vegetal.
A informação vai ser dada, em princípio, no verso da embalagem e o que pedíamos é que também fosse dada uma informação nutricional na frente da embalagem, de uma forma resumida e esquemática, para ser mais rápido para o consumidor consultar.

Entre os pontos a ser discutidos no Parlamento, está também a legibilidade, prevendo-se um tamanho de fonte mínimo para as letras usadas na rotulagem que se considera um ponto positivo e que vai ser importante também para ajudar a fiscalização.

A Comissão Europeia deverá apresentar dentro de seis anos um relatório que trate de uma possível harmonização da informação nos rótulos na Europa.

Secretários de Estado


O Presidente da República conferiu posse aos Secretários de Estado no passado dia 28 de junho, no Palácio de Belém.

O novo executivo tem no total 47 membros, 11 ministros e 36 secretários de Estado.


Secretário de Estado da Cultura - Francisco José Viegas

Secretário de Estado do Orçamento – Luís Filipe Morais Sarmento

Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças – Maria Luís Albuquerque

Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais – Paulo Núncio

Secretário de Estado da Administração Pública – Hélder Rosalino

Secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Europeus – Miguel Morais Leitão

Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação – Luís Brites Pereira

Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas – José Cesário

Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional - Paulo Braga Lino

Secretário de Estado da Administração Interna – Filipe Lobo D'Ávila

Secretário de Estado da Administração Patrimonial e Equipamentos do Ministério da Justiça – Fernando Santo

Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares – Feliciano Barreiras Duarte

Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade – Teresa Morais

Secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa – Paulo Simões Júlio

Secretário de Estado do Desporto e Juventude – Alexandre Miguel Mestre

Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional – António Almeida Henriques

Secretário de Estado do Emprego – Pedro Miguel Silva Martins

Secretário de Estado do Empreendorismo, Competitividade e Inovação – Carlos Nuno Oliveira

Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações – Sérgio Silva Monteiro

Secretário de Estado da Energia – Henrique Gomes

Secretária de Estado do Turismo – Cecília Meireles

Secretário de Estado da Agricultura – Diogo Santiago Albuquerque

Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural – Daniel Campelo

Secretário de Estado do Mar – Manuel Pinto de Abreu

Secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território – Pedro Afonso de Paulo

Secretário Adjunto do Ministro da Saúde - Fernando Leal da Costa

Secretário de Estado da Saúde - Manuel Teixeira

Secretário de Estado do Ensino Superior – João Filipe Rodrigues Queiró

Secretária de Estado da Ciência – Maria Leonor Parreira

Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar – João Casanova de Almeida

Secretária de Estado do Ensino Básico e Secundário – Isabel Maria Santos Silva

Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social – Marco António Costa

Subsecretária de Estado Adjunta do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros – Vânia Dias da Silva

Os Ministros do Governo PSD/CDS-PP



1 - Pedro Passos Coelho - Primeiro ministro

2 - Paulo Portas - Estado e Negócios Estrangeiros

3 - Vítor Gaspar - Estado e Finanças

4 - Aguiar-Branco - Defesa Nacional

5 - Miguel Macedo - Administração Interna

6 - Paula teixeira da Cruz - Justiça

7 - Miguel Relvas - Adjunto e Assuntos Parlamentares

8 - Álvaro Santos Pereira - Economia e Emprego

9 - Assunção Cristas - Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território

10 - Paulo Macedo - Sáude

11 - Nuno Crato - Educação, Ensino Superior e Ciência

12 - Pedro Mota Soares - Solidariedade e Segurança Social

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Vencemos as Eleições!!!

O Resultado do passado domingo foi inequívoco os Portugueses quiseram O PSD e Dr. Pedro Passos Coelho a governar o País!



A Comissão Politica da JSD expressa a sua satisfação pelos resultados eleitorais obtidos, congratulando-se com o contributo que o resultado Concelhio do voto Jovem deu para o resultado distrital e nacional, contribuindo assim para 5 mandatos eleitos para a nova Assembleia da República;

A População de Santarém atribui ao PSD o melhor resultado eleitoral legislativo dos últimos 10 anos no nosso Concelho, conseguindo uma votação de 38,09 %, um aumento de mais de 10 % face aos 27,21% alcançados em 2009.



A CPC quer agradecer o empenho de todos os Jovens – independentes, simpatizantes, militantes e de todos os jovens autarcas, nomeadamente ao diretores de Campanha da JSD o Companheiro Manuel Pedroso, João Caldeira e Alexandre Paulo considerando essencial o seu contributo para o resultado expressivo conseguido no passado dia 5 de Junho;
É de realçar e digno de registo, também, que pela primeira vez na história do Concelho de Santarém o PSD está na gestão ao mesmo tempo, a Câmara Municipal de Santarém, o Governo e o Presidente da República.

A Comissão Política Concelhia da JSD de Santarém felicita o novo Primeiro-Ministro de Portugal e todos aqueles que foram os eleitos pelo PSD, em especial ao Presidente da Concelhia de Santarém, Eng.º Nuno Serra pela sua eleição para Deputado da Assembleia da República, é uma honra para a JSD de Santarém e muito prestigiante para o PSD Santarém e acima de tudo uma mais valia para o Distrito de Santarém e em especial para o Concelho de Santarém.

A Comissão Politica Concelhia da JSD



quarta-feira, 25 de maio de 2011

Festa da Juventude foi um Sucesso!






Realizou-se na passada Sexta-feira a Grande Festa da Juventude promovida pela JSD Nacional, o local escolhido foi o Jardim da República local emblemático da Cidade de Santarém.


Centenas de Jovens vieram de todo o País para assinalar o arranque da MUDANÇA e dançar ao som da DJ POPPY, DROP TOP, Wanna Be DJ´s e DJ Sancho que do centro do Coreto do Jardim fizeram a festa.


A adesão massiva de jovens de várias idades e de vários locais do País mostram claramente a força da JSD nesta campanha legislativa.


No final da festa Duarte Maques e João Leite mostraram-se muito satisfeitos com o sucesso da festa e com a adesão não só de jovens mas também da familia Social Democrata do Distrito, e lembraram que foi a juventude que deu as grandes vitórias ao PSD!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

JSD Concelhia na apresentação dos candidatos a Deputados pelo Distrito


O Presidente da Concelhia de Santarém esteve presente na apresentação dos candidatos a Deputados pelo Distrito.

PSD apresenta-se com uma lista credível e de pessoas sérias!

O cabeça de lista às legislativas pelo distrito de Santarém pelo PSD terminou a apresentação dos candidatos dizendo que neste momento o que está em jogo já não é só a defesa da região.

Miguel Relvas, que é secretário-geral do partido, fez um discurso virado para o panorama nacional com críticas ao primeiro-ministro José Sócrates e ao PS, a quem acusa de ter feito obras de fachada e de ter lavado o país à situação em que está.

Realçando que não pode haver desperdício de votos no dia 5 de Junho, Relvas considera que destas eleições depende o futuro de Portugal. Explicou ainda que podia ser candidato por outro distrito eventualmente mais fácil, mas que só aceitou integrar a lista por Santarém

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Presidente da JSD Concelhia de Santarém esteve na reunião da direcção de Campanha Nacional da JSD em Santa Maria da Feira



No dia do 37º aniversário do nosso PPD/PSD o Presidente da JSD Concelhia de Santarém Diogo Gomes esteve na reunião da direcção de Campanha Nacional da JSD em Santa Maria da Feira.

Após a reunião seguiu-se um jantar de aniversário com 4000 militantes e simpatizantes, onde o Presidente do PPD/PSD Dr. Passos Coelho fez uma excelente intervenção.

O Presidente da JSD Duarte Marques abriu os discursos com uma intervenção de alto nível e muito entusiasmante!

No final cantou-se os parabéns e o Sr. Presidente do Partido Dr. Passos Coelho com a companhia de ex-Presidentes do partido apagou as 37 velas do bolo de aniversário.

Intervenções em www.psd20011.com e www.jsd.pt

A Comissão Politica Concelhia

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Faltam 25 dias para Mudar




JSD em destaque no CMJ

A JSD Santarém esteve presente no Conselho Municipal da Juventude que teve lugar na passada quinta-feira dia 5 na sala de Leitura Bernardo Santareno.

O Companheiro Alexandre esteve a representar a Concelhia, e nas suas intervenções ficou patente o espírito desta comissão politica, cooperante e defensora das actuais politicas de Juventude do executivo da Câmara Municipal, enaltecelendo a realização da II edição da Semana da Juventude, que à semelhança do Ano anterior foi um sucesso.

A Comissão Politica Concelhia


JSD Concelhia de Santarém marca presença no I Congresso do PSD Distrital na Sessão pública em Santarém

Realizou-se na passado dia 3 de Maio, no Auditório do Instituto Português da Juventude (IPJ), na cidade de Santarém, mais uma Sessão Pública do 1º Congresso Distrital do PSD de Santarém com o tema “O ESTADO que temos: a sua expressão e a sua representação no distrito”.

Nesta sessão participaram como oradores convidados:

João Correia (Advogado, Ex-Secretário de Estado da Justiça);

David Catarino (Ex-Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Presidente da Direcção do Pólo de Turismo Leiria-Fátima);

O moderador foi o Ex-Presidente da Câmara de Tomar, Eng. Paiva, e como oradores encontrava-se também, o Presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere e a Sr. Deputada Eng.ª Carina João.

O presidente da JSD Diogo Gomes interviu questionando os oradores dizendo "Com a justiça que temos, com a instabilidade legislativa que temos e com a morosidade de alguns Municípios a licenciarem actividades empresariais e industriais, como podemos ser atractivos para o investimento estrangeiro?"

A resposta foi dada pelo Sr. Presidente da Câmara de Ferreira do Zezere o companheiro Jacinto Flores.

A Comissão Politica Concelhia





terça-feira, 3 de maio de 2011

JSD Santarém marca presença na sessão pública em Rio Maior do I Congresso Distrital do PSD Santarém

No passado dia 27 de Abril, realizou-se no Centro de Estágio e Formação Desportiva, Rio Maior, a 3ª Sessão Pública do I Congresso Distrital do PSD Distrital de Santarém.

Cerca das 21 horas deu-se inicio à sessão com o tema Uma Sociedade em mutação: a Juventude, o Desporto, o Associativismo e a Cidadania”, a abrir a sessão intervieram a Srª. Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e o Presidente da JSD Regional de Santarém, João Leite.

Em seguida, a nossa companheira Inês Barroso fez uma curta apresentação, com diversos dados e questões que demonstram quanto nos devemos preocupar com a sociedade actual relativamente à sua participação desportiva.

Após a divulgação do projecto e principais problemas encontrados pelo grupo que se encontra a trabalhar este tema, a mesa composta pelo Pe. António Pereira e pelo Prof, Carlos Barroca, iniciou o debate.

A JSD Santarém marcou presença e a sua intervenção fez-se ouvir pela voz do Coordenador do Gabinete de apoio Alexandre Paulo, que inicialmente debateu a questão dos recibos verdes que os jovens árbitros são obrigados a passar para que possam receber os respectivos honorários. Apesar do total interesse em debater esta situação e tendo em conta a próxima campanha de sensibilização da JSD Santarém (Participação Desportiva e Hábitos de Vida Saudável), o companheiro Alexandre Paulo demonstrou a preocupação em relação á fraca aderência dos jovens em relação à actividade física, frisando “ é essencial que as estruturas e entidades competentes consigam fazer a ligação entre o Desporto Escolar e o Desporto Federado, pois enquanto isso não acontecer vão-se continuar a perder centenas de jovens atletas, correndo o risco de muitos deles optarem por estilos de vida pouco saudáveis e havendo muitos com grandes hipóteses de contribuir para o número de obesos em Portugal”

O Coordenador do Gabinete de Apoio Alexandre Paulo deixa ainda o seguinte apelo a todos os jovens Scalabitanos: “ Mais que uma mera questão estética é essencial a prática desportiva regular como forma de prevenção de futuras Doenças Cardiovasculares, a principal causa de morte em Portugal e uma das mais incidentes nos jovens.”

A Comissão Política da JSD

segunda-feira, 2 de maio de 2011

JSD Debateu a Segurança e a Insegurança no programa Zona J da Rádio Pernes

A JSD marcou presença em mais um programa da Rádio Pernes Zona J, o tema do passado Sábado foi a Segurança e a Insegurança no Concelho.

Diogo Gomes debateu com os representantes da JS e JP esta temática que lhe é bastante querida pois ainda recentemente esteve nas Freguesias de Tremez e Vale de Figueira a alertar para a insegurança que se vive nestas Freguesias.

No final do debate as opiniões foram unânimes, falta de meios, falta de efectivos e desvalorização das forças policiais são os principais motivos conjugados com uma crise que tem feito aumentar os crimes violentos.

O programa Zona J é emitido na Rádio Pernes aos Domingos às 18h

www.radiopernes.pt

domingo, 1 de maio de 2011

JSD lança Campanha de Sensibilização de incentivo à prática desportiva e estilos de vida saudável





JSD Concelhia de Santarém assinalou o lançamento da Campanha de Sensibilização de incentivo à prática desportiva e estilos de vida saudável com torneio de futebol no campo sintético de Vale de Figueira que se realizou no passado Sábado dia 30 de Abril.

Apesar do tempo chuvoso que fez sentir no passado Sábado o torneio de Futebol da JSD juntou vários militantes e simpatizantes em Vale de Figueira para em conjunto apelarem ao incentivo à prática desportiva.

O Presidente Diogo Gomes no final felicitou a Equipa da JSD de São Domingos, equipa vencedora do torneio, e lembrou que “A obesidade infantil e juvenil é um problema que está a afectar grande parte da juventude” e que “é da nossa responsabilidade ajudar a inverter a actual situação”.

Estiveram 4 equipas em competição, JSD Santarém, JSD Casével, JSD São Domingos 1 e JSD São Domingos 2.

A JSD no âmbito da Campanha de Sensibilização vai percorrer as escolas do Concelho e vai terminar com uma conferência sobre o tema com oradores a confirmar.

A Comissão Política Concelhia

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Torneio de Futebol para assinalar o lançamento da Campanha de Sensibiliz​ação de incentivo à prática desportiva e estilos de vida saudável

JSD Concelhia de Santarém denuncia o rosto da geração 500 Euros nas Ruas da Cidade de Santarém




A Comissão Política da Concelhia da JSD de Santarém, esteve na passada quinta-feira nas ruas e jardins da Cidade distribuindo notas de 500 Euros (com o Rosto do Secretário-Geral do Partido Socialista) com o objectivo de denunciar o elevado desemprego jovem criado pelo (des) Governo Socialista, denunciando assim o rosto da geração quinhentos euros.

A desigualdade social que se vive em Portugal afecta as gerações mais jovens de uma forma dura e sem precedentes nos últimos 30 anos, o desalento e a falta de esperança da juventude são compreendidos pela JSD, que reconhece o facto de, hoje, ser difícil para um jovem construir um projecto de vida, independentemente do seu conhecimento, capacidade, determinação ou inteligência

À Comissão Política Concelhia juntaram-se mais de uma dúzia de militantes da JSD.

Com esta acção a JSD quis mostrar aos jovens Scalabitanos que esta ao seu lado, na rua, denunciando os cerca de 300.000 desempregados entre os 15 e os 34 anos, (46% dos 619 mil desempregados) que não têm uma oportunidade de trabalho para demonstrar as suas capacidades e competências e os mais de 190 mil pessoas diplomadas que possuem um vínculo precário (contratos a termo ou os falsos recibos verdes).

O Presidente da JSD Diogo Gomes no início da acção lembrou que “foi a JSD que deu as grandes vitórias ao PSD, e neste momento crucial para vida do País temos estar unidos para MUDAR” afirmou ainda que a JSD vai trabalhar com o objectivo de eleger os Candidatos a Deputado da Concelhia de Santarém o Presidente da CPC Eng.º Nuno Serra e o Presidente da Regional da JSD Santarém João Leite.

A Comissão Política Concelhia


Mudar - PSD 2011




www.psd2011.com

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Presidente da Concelhia de Santarém indicado como Candidato a Deputado

A Comissão Política de Secção do PSD de Santarém reuniu no dia 4 de Abril para eleger o seu candidato a deputado.

A escolha foi efectuada através de voto secreto, tendo o Eng. Nuno Serra sido eleito o candidato a integrar a lista de candidatos a Deputados pelo Distrito de Santarém.

Nuno Serra é actualmente consultor e gestor de empresas, o seu percurso profissional foi sempre ligado à área empresarial privada, quer no sector industrial, quer nos serviços profissionais, onde trabalha actualmente. A nível académico é formado em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade do Minho e detentor de um MBA ( Master Business Administration) pelo ISCTE/INDEG.

É, actualmente, o Presidente da Secção do PSD de Santarém e foi durante os últimos 4 anos líder de bancada do PSD na Assembleia Municipal de Santarém. Foi ainda o mandatário concelhio da candidatura de Pedro Passos Coelho à Presidência do Partido em 2008 e 2010.

Não obstante a escolha unânime da Comissão Politica, nos termos estatutários, esta indicação reúne um conjunto de apoios significativos de dentro e fora do partido, dos quais se destacam: Dr. Moita Flores - Presidente da CMS (primeiro subscritor da lista de apoio), Dr. António Pinto Correia - Presidente da Assembleia Municipal, os Vereadores Ricardo Gonçalves, João Leite e Luísa Féria, Rui Presuncia – Líder de Bancada do PSD na Assembleia Municipal de Santarém. Destaca-se também o apoio de todos os vários Presidentes de Junta, que dos quais se realçam as 3 Juntas Urbanas (Marvila, S. Nicolau e S. Salvador), Alcanede, Achete, Amiais de Baixo, Casével, Gançaria.

É uma candidatura partidária que reúne igualmente apoios da sociedade civil

Esta indicação colheu, também, um significativo apoio de militantes históricos do PSD de Santarém, bem como da JSD.

A Comissão Política do PSD da Secção de Santarém congratula-se igualmente que a indicação da JSD Distrital tenha recaído sobre o seu actual Presidente, João Leite, Vereador da CMS e militante destacado desta secção que honrará e servirá condignamente a causa pública.

JSD debateu a situação política do País e o papel dos jovens no actual contexto no programa da Rádio Pernes Zona J

A JSD debateu no passado Sábado dia 2 de Abril a situação Política do País e o papel da Juventude no actual contexto.

O Presidente da JSD Diogo Gomes debateu frente a frente com o dirigente da JS Tiago Preguiça e com o Dirigente da JP António Gomes Pereira.

Ficou patente neste debate que a divida do Governo em 2005 até a actualidade passou de 80 mil milhões para 190 mil Milhões e que a actual situação Política tem um rosto, que é o Partido Socialista. O debate irá passar na Rádio Pernes Domingo dia 10 de Abril às 18h!


Deputados do distrito unânimes na defesa de obras nas barreiras

No passado dia 11 de Março os Deputados do PSD eleitos pelos Circulo de Santarém entregaram na Assembleia da República um Projecto de Resolução recomendando ao Governo um conjunto de medidas urgentes para fazer face ao grave problema das Barreiras e da Encosta da cidade de Santarém.

Segundo a Comissão Política do PSD este problema assenta em 3 permissas básicas:

1. O problema da estabilização das barreiras de Santarém é essencialmente um problema de segurança pública. O governo, com o conhecimento que tem do problema, devidamente assumido nas actas existentes, não se pode demitir de zelar pela segurança da vida das populações e, desta forma, ao não dar prioridade máxima à solução o problema da instabilidade das barreiras de Santarém, ao contrário de outras obras públicas que não implicam problemas para a segurança pública, está a negligenciar a vida de muitas pessoas.

2. O problema das barreiras de Santarém não se pode dissociar da alteração do traçado à linha do norte. Não se pode pensar numa solução sem que estejam estancadas as trepidações provocadas pela passagem de comboios ao longo da Ribeira de Santa Iria. A alteração ao traçado da linha do norte, como solução para a estabilização das barreiras de Santarém, não pode ser comparado a qualquer outro investimento em infra-estruturas públicas, nem pode ser despriorizado em prol de qualquer auto-estrada, TGV ou Aeroporto. Aqui não se trata de modernizar Portugal, mas sim, salvar vidas em Santarém.

3. Não pode ser uma autarquia penalizada e responsabilizada por muitos anos de incúria governamental em relação a este caso. Esta é uma situação que só pode e deve ser o governo central a resolver. A autarquia já assumiu a liderança no avanço do projecto, falta agora o financiamento do estado para a operacionalização dos estudos efectuados. O projecto de intervenção prevê custos da ordem dos 20 milhões de euros, tendo o Governo afirmado, há um ano, que iria procurar financiamento através de uma linha do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN).

A JSD reconhece o esforço efectuado pelo PSD na resolução desta situação.

Os deputados do Distrito foram unânimes na defesa da intervenção nas Barreiras das encostas de Santarém.

Todos os grupos parlamentares apresentaram projectos de resolução relativos à execução do projecto global de estabilização das encostas de Santarém.

Por isso, foi consensual a sua escolha para redigir o texto da declaração comum que foi, ontem, aprovada por todos os grupos parlamentares na última sessão plenária desta legislatura no Parlamento. Numa rara unanimidade, o texto aprovado recomenda ao Governo “que assegure de forma expedita, célere e eficaz, em estreita articulação com a Câmara Municipal, as condições institucionais e financeiras para a execução do projecto global das encostas de Santarém, nos termos do protocolo de 2004”.


A JSD alerta para o facto de o próximo Governo não descurar esta questão que é de elevada importância e significado para o nosso Concelho, e que tome este assunto como um dos prioritários para o Distrito de Santarém, é importante que venha expresso no próximo PIDDAC, para que num curto espaço de tempo e aproveitando o QREN consigamos ter este assunto resolvido.


A JSD felicita a união dos Partidos no empenho na resolução de um problema que é de todos.

Tribunais da Concorrência e Tribunais da Regulação e da Propriedade Industrial em Santarém

No passado dia 18 de Março durante as Festas de Cidade a Câmara de Santarém e o Ministério da Justiça procederam à assinatura do protocolo para instalação dos tribunais da Concorrência e Regulação e da Propriedade Industrial, no espaço da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC).


Após a reunião da assembleia municipal em que foi aprovada, por unanimidade, a proposta do contrato promessa de compra e venda do quartel de São Francisco (antiga EPC) entre a Estamo e o Município.


Foi igualmente submetido a votação na reunião do executivo camarário e foi votado também por unanimidade.


Segundo o Sr. Presidente da Câmara Dr. Francisco moita Flores viram os tribunais da Propriedade Intelectual e Industrial e da Concorrência, Regulação e Supervisão, e ainda do tribunal do Comércio (inicialmente não previsto) e o do Trabalho vão fazer parte "do primeiro grupo de tribunais que se fazem no quadro da União Europeia".


"Portugal não quer perder este comboio e não vai perder porque vão ficar em Santarém", disse, justificando assim "a rapidez" na aprovação do contrato promessa de compra e venda do quartel de S. Francisco (onde esteve instalada a Escola Prática de Cavalaria, EPC).


Moita Flores saudou a postura de todos os eleitos municipais num dia "que vai ficar na História" e que, assegurou, vai transformar Santarém.


A venda da antiga EPC à autarquia foi negociada no âmbito das contrapartidas pela não construção do novo aeroporto de Lisboa na Ota.Além da EPC, que vai custar 16 milhões de euros à autarquia, o município de Santarém vai ainda ficar com duas outras antigas propriedades do Ministério da Defesa (o edifício onde está instalado o comando distrital da PSP e o antigo campo de tiro), o antigo Presídio (Ministério da Justiça) e o Instituto do Vinho e da Vinha (Ministério da Agricultura).


Moita Flores adiantou que os contratos foram todos individualizados e que os restantes irão brevemente a reunião de câmara.Além da "cidade judiciária", a antiga EPC vai acolher uma série de outros serviços, nomeadamente da autarquia, e a Fundação da Liberdade, cuja primeira fase, a Escola Prática do Conhecimento, Moita Flores quer concluir até final do ano.A oposição saudou o facto do espaço que fica associado à instauração da Democracia em Portugal (foi da EPC que saiu a coluna comandada por Salgueiro Maia na madrugada de 25 de abril de 1974) ficar para usufruto público e poder contribuir para o desenvolvimento social e económico do concelho.


A JSD congratula-se pelo empenho e determinação do executivo Camarário no processo de instalação dos novo Tribunais.

JSD na Imprensa - Correio do Ribatejo


segunda-feira, 7 de março de 2011

Encontros na Nossa Terra na Freguesia de Tremez e Vale de Figueira



Realizou-se no passado Sábado mais uns Encontros na nossa Terra, desta vez as Freguesias visitadas foram Tremez e Vale de Figueira.

Em Tremez uma Junta ganha pelo PSD nas últimas eleições autarquicas encontramos uma Sr.ª Presidente de Junta determinada em ultrapassar o conjunto de problemas herdados pelo anterior executivo (PS) nomeadamente o passivo.
Segundo a Presidente da Junta de Freguesia de Tremês a Prof. Maria Emília Massena a Juventude em Tremez está em boa forma, contudo segundo a Presidente falta um conjunto de equipamentos para fixar os jovens à terra, como um polidesportivo.

A insegurança que se vive em Tremez é sem dúvida uma preocupação, assaltos constantes, distúrbios e vandalismo são uma realidade, que levam a JSD a defender um Posto da GNR que faça a cobertura do Norte do Concelho. Houve em tempos um Posto da GNR prometido para Alcanede a cerca de uma dezena de anos atrás mas nunca se concretizou.

Em Vale de Figueira encontramos um Presidente de Junta experiente que tem dirigido os destinos da Junta de Freguesia nos últimos 10 anos, além da obra em si, constata-se uma obra imaterial imensa, segundo Manuel Cordeiro Independente, apoiante da lista liderada pelo Dr. Moita Flores os Jovens são o pilar fundamental das actividades efectuadas pela Junta de Freguesia, curiosamente também a falta de segurança é um flagelo que a Freguesia atravessa, tendo a Junta sido assaltada a pouco tempo onde levaram a caixa Multibanco.

Diogo Gomes presidente da Comissão Política Concelhio referiu "que lamenta esta onda de insegurança e pede às forças de segurança que seja mais eficazes na defesa das pessoas do nosso Concelho"

A Comissão Política de Secção

sexta-feira, 4 de março de 2011

Líderes da JSD Nacional, Regional e Concelhio de Santarém reúnem com Associações de Estudantes do Politécnico de Santarém



Para assinalar a aprovação de hoje no Parlamento de uma proposta de alteração ao Decreto de Lei 70/2010, abrindo uma janela de esperança para milhares de jovens estudantes carenciados que face aquele diploma tinham perdido a sua bolsa de estudo, os líderes da JSD Nacional, Regional e Concelhio de Santarém, Duarte Marques, João Leite e Diogo Gomes respectivamente reuniram com várias Associações de Estudantes do Politécnico de Santarém.

Esta alteração resulta da discussão em Comissão Parlamentar de Educação e Ciência da proposta inicial do CDS-PP, a qual foi profundamente alterada com os contributos do PSD.

Este diploma que equiparava as bolsas de Acção Social às restantes prestações sociais, conduziu a que milhares de estudantes carenciados tenham deixado de estudar, e muitos outros tenham visto a sua bolsa diminuída.

Com esta proposta de alteração ao diploma do Governo, as Bolsas de Acção Social deixem de ser consideradas uma normal prestação social, como o rendimento social de inserção, e sejam reguladas por diploma próprio, uma vez que um apoio do Estado prestado a um estudante carenciado para que este possa estudar, não pode ser equiparado a um apoio do Estado a um cidadão, para que este tenha uma vida um pouco mais confortável.

Espera-se deste modo que o Governo reconheça que milhares de estudantes carenciados foram gravemente afectados por estas medidas, e que é hoje peremptório que este novo modelo de acção social proposto pelo Governo não serve o País, não serve os estudantes e não é mais justo e equitativo.
Estas alterações, terão efeitos a partir do próximo ano lectivo, devendo o Governo legislar sobre esta matéria em período útil, para que em Setembro todo o sistema de acção social escolar esteja ciente das suas responsabilidades, terminando assim com o clima de ansiedade e constrangimento que milhares de estudantes sentem ano após ano, uma vez que, tal como aconteceu em 2010, as bolsas só começam a ser pagas em Janeiro, quando o ano lectivo se inicia em Setembro.

Entretanto, e porque no presente momento, milhares de estudantes estão ainda a sentir-se gravemente prejudicados pela actuação do Governo do Partido Socialista, discutiu-se ontem o projecto de resolução do PSD em sede
parlamentar, que visa minorar os efeitos drásticos que as alterações ao sistema de acção social protagonizado pelo Governo, no presente momento.
A JSD teve aqui um papel determinante ao sensibilizar o PSD para a importância desta matéria, pelo que não pode deixar de manifestar o seu contentamento, como o empenho e dedicação que os Deputados da Comissão de Educação e Ciência do PSD prestaram a esta matéria, empenhando-se em encontrar respostas céleres e eficazes para um problema que prejudicava profundamente milhares de jovens estudantes.
Este é o resultado de uma relação de estreita parceria entre a JSD e os
Estudantes, onde uma vez mais se prova que a JSD é a voz dos jovens junto do PSD e não a voz do PSD junto dos jovens.

Esta alteração produz resultados para os jovens, em particular os estudantes do ensino superior, corrigindo profundas injustiças provocadas pelo Governo do Partido Socialista!