segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Manuela Ferreira Leite em Santarém

A líder do PSD está preocupada com as consequências da crise financeira internacional nas pequenas e médias empresas no que respeita ao emprego.

O endividamento de que fala é também o endividamento do próprio Estado, na opinião de Ferreira Leite quem sai prejudicado são as pequenas e médias empresas e as famílias.

Por esta razão, Ferreira Leite desafiou o executivo a aceitar a proposta do PSD para que o pagamento do IVA pelas empresas seja feito não no momento da entrega da factura mas no momento do pagamento.

No Conselho Nacional dos Trabalhadores Sociais-democratas em Santarém, a presidente do partido, disse ainda que não concorda com a construção de uma segunda ligação rápida Lisboa-Porto por ser um investimento que não aumenta a competitividade do país, e acusou o executivo de Sócrates de governar por anúncios chegando a anunciar que vai anunciar, sem mostrar obra feita.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

JSD promove Campanha de Sensibilização Ambiental junto das Escolas

De 22 a 25 de Setembro a Secção da Juventude Social Democrata (JSD) de Santarém deu mais um passo na sua Campanha de Sensibilização Ambiental, indo junto das escolas do Concelho de Santarém distribuir panfletos com mensagens alusivas à Protecção Ambiental.

A Campanha teve início na Escola Dr. Ginestal Machado, passando também pela Mem Ramires, D. João II, Alexandre Herculano e Sá da Bandeira.

Esta é das principais iniciativas da Campanha de Sensibilização Ambiental que a JSD está a levar a cabo, tendo tido início este ano, com a colocação de um outdoor e com a apresentação de um conjunto de propostas à Câmara Municipal de Santarém. O Presidente da JSD de Santarém, João Leite afirma que esta é a forma de estar da actual Comissão Política de Secção da JSD de Santarém, activa, participativa, junto dos jovens e preocupada com os graves problemas que afectam a sociedade.

Para a Comissão Política de Secção da JSD de Santarém a Sensibilização Ambiental é fundamental para a mudança comportamental relativamente ao meio ambiente. Sensibilizar os jovens de hoje é procurar atingir uma predisposição dos mesmos para uma mudança de atitudes no presente para que tenham consequências positivas no futuro.

Imagens da iniciativa ao longo da semana:









domingo, 21 de setembro de 2008

Campanha de Sensibilização Ambiental nas Escolas do Concelho

Na próxima semana a JSD vai estar junto dos jovens, com o objectivo de sensibilizá-los para os riscos da poluição.

Segunda-Feira – Ginestal Machado

Terça-Feira – Mem Ramires e D. João II

Quarta-Feira – Alexandre Herculano

Quinta-Feira – Sá da Bandeira

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

CONGRESSO DA JSD - 28, 29 E 30 de Novembro - PENAFIEL

O líder da JSD, Pedro Rodrigues, propôs no dia 13, em Conselho Nacional, que teve lugar no Hotel da Costa da Caparica, a antecipação do Congresso Nacional dos jovens sociais-democratas para os dias 28,29 e 30 de Novembro de 2008, em Penafiel.
"O meu mandato só termina em Abril, mas considero que essa é uma altura para se discutir o País. O reforço da posição da JSD e a sua estratégia devem ser questões definidas antes desse período, assim como a eleição de novos órgãos", defendeu o líder da JSD em declarações ao CM.
Pedro Rodrigues manifestou perante o Conselho Nacional a intenção de recandidatar-se ao cargo de líder da juventude social-democrata.
Pedro Rodrigues é, desde 22 de Abril passado, presidente da Comissão Política Nacional da JSD, eleito no XIX Congresso Nacional, que decorreu em Espinho. Sucedeu a Daniel Fangueiro.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Ferreira Leite promete reduzir fiscalidade ligada ao emprego


“É imperioso reduzir os custos operacionais, aliviar a carga burocrática, reduzir a fiscalidade ligada à criação de emprego e apoiar a exportação”, disse Manuela Ferreira Leite em Castelo de Vide.


Na “rentrée” do PSD, a líder centrou o discurso na política económica. A prioridade, disse, caso vença as legislativas em 2009, será “para a competitividade da economia, para a produtividade e criatividade empresarial, removendo custos e obstáculos à eficiência das pequenas e médias empresas”.


Ferreira Leite ataca política socialista “Do Governo do PS não resultou qualquer benefício para o país”, afirmou Manuela Ferreira Leite. “Salvo para o pequeno grupo que caiu nas graças ou na dependência do poder socialista, para a maioria das pessoas a vida está cada vez mais difícil”.


A líder do PSD acusou o Governo Sócrates de ter “destruído muitos milhares de postos de trabalho ao destruir a competitividade da economia”. “O PS canalizou recursos para projectos sem rentabilidade ou justificação e vai deixar o país endividado como nunca e sem perspectivas de ultrapassar a estagnação, como o próprio primeiro-ministro confidenciou recentemente a um presidente estrangeiro”, disse Ferreira Leite.


“O PSD propõe uma política diametralmente oposta, que conduza ao enriquecimento do país” e “atenta à escassez de recursos e ao seu custo”, afirmou a líder do PSD.


Muito criticada por falar pouco, Ferreira Leite disse que há uma “desvalorização da acção política e dos políticos” porque há o hábito de “comentar a curto prazo e ignorar as questões de fundo”.


“Este é um círculo vicioso que tem de ser quebrado”, acrescentou, prometendo que vai concentrar-se “apenas nas questões que verdadeiramente preocupam os portugueses” e “deixar que outros se entretenham a discutir temas que não afectam minimamente o dia-a-dia das pessoas”.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008